Desembargador federal Rogério Fialho é homenageado com medalha da Esma-PB

21/09/2017 às 21:34

O desembargador federal Rogério Fialho Moreira, ex-presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), foi agraciado, na noite desta quinta-feira (21), com a Medalha do Mérito Acadêmico “Des. Simeão Fernandes Cardoso Cananéa”, na solenidade comemorativa aos 34 anos de criação da Escola Superior da Magistratura do Tribunal de Justiça da Paraíba (Esma-PB), ocorrida na própria sede da unidade de ensino.

A entrega da medalha foi realizada pelo diretor da Esma-PB, desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque, e o diploma do mérito acadêmico pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, em exercício,desembargador João Benedito da Silva. "O desembargador Rogério Fialho prestou relevantes serviços à educação e à cultura jurídica da Paraíba, por isso faz jus a esta honraria", afirmou o diretor da Esma-PB.

Receber a medalha foi motivo de enorme honra para o desembargador federal, que foi aluno daquela Escola nos idos de 1988, quando se preparava para a magistratura. "A Esma-PB tem uma trajetória de muitos serviços prestados à cultura jurídica paraibana. Aqui passaram vários alunos que se tornaram referências no mundo jurídico. Para mim, é muito honroso ganhar essa medalha que, inclusive, tem o nome de um dos maiores expoentes da magistratura paraibana, o Des. Simeão Fernandes Cardoso Cananéa – um líder e um homem empreendedor", declarou.

A solenidade contou com a presença de desembargadores da justiça estadual, juízes federais e estaduais, procuradores, promotores, professores, advogados, servidores da Justiça Federal, amigos e familiares do desembargador homenageado.

A Medalha do Mérito Acadêmico “Des. Simeão Fernandes Cardoso Cananéa" foi criada em 2016, através da Resolução de nº 1/2016, com o objetivo de condecorar magistrados que, pelos seus méritos, prestaram relevantes contribuições à Esma, ao ensino de Direito e à jurisdição, e que mereçam especial distinção. Antes do desembargador Rogério Fialho, a medalha havia sido outorgada somente ao ministro Herman Benjamin.

A homenagem fez parte da programação especial de aniversário da Esma-PB, que contou ainda com uma série de atividades, como lançamento de livros e descerramento de placa comemorativa. 


Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br


 Imprimir