4ª Vara Federal de CG finaliza digitalização dos processos físicos

20/04/2018 às 16:25

Iniciativa segue determinação do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), que deu prazo de dois anos para realização do trabalho

 

A 4ª Vara da Justiça Federal na Paraíba (JFPB), em Campina Grande, concluiu, nesta semana, a digitalização de todos os processos físicos autorizados pela Portaria nº. 13/2017 do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), que deu prazo de dois anos para que as Varas de sua jurisdição realizassem o trabalho. Dessa forma, a respectiva Vara se tornou a primeira a finalizar o procedimento no âmbito da JFPB.

De acordo com o diretor da Vara, Anry Herman Souza de Lima, a medida racionalizará o controle dos processos, principalmente por deixar a tramitação processual mais célere. “Outro ponto a ser observado é que, com a digitalização, a prestação do serviço ganha qualidade e economia, uma vez que não haverá mais a impressão de folhas e armazenamento físico de autos”, ressaltou.

Entre os processos digitalizados estão feitos cíveis, incluindo as ações de improbidade administrativa e as penais, com até 80 volumes cada. Foram digitalizadas mais de 120 mil páginas, aproximadamente.

Cerca de 240 processos, no entanto, não puderam passar pelo mesmo procedimento, pois não se enquadravam na Portaria TRF5. “São 75 processos que estão suspensos e 170 em fase de execução, o que, segundo a medida do Tribunal, não devem ser digitalizados”, declarou o diretor.

Por fim, ele destacou que o sucesso da implementação da Portaria nº. 13/2017 no âmbito da 4ª Vara Federal só foi possível graças ao empenho de todos os seus servidores e estagiários, que aceitaram o desafio.

 

Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br

 


 Imprimir