JFPB já digitalizou cerca de 2 milhões de páginas de processos físicos

28/09/2018 às 10:52

A quantidade está relacionada a mais de 11 mil autos das Varas Federais do estado

A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) já digitalizou 1 milhão 922 mil e 932 páginas de 11.309 processos físicos em tramitação, migrando os documentos para o sistema PJe (Processo Judicial Eletrônico). O trabalho começou no primeiro semestre deste ano e foi reforçado com a criação de uma comissão especial para agilizar o procedimento. A meta da JFPB é inserir na internet, até agosto de 2019, todos os processos físicos que tramitam no órgão. 

De acordo com o diretor do Foro, juiz federal Bruno Teixeira de Paiva, a medida tornará as informações mais acessíveis e facilitará o controle dos processos. “Essa é uma iniciativa que acompanha a modernidade e deixa a rotina de trabalho mais dinâmica. Dessa forma, agilizamos o curso dos processos e colaboramos com a preservação ambiental, pois tudo é migrado para o sistema eletrônico”, declarou o magistrado.

Já foi concluída a digitalização dos processos físicos nas 4ª e 10ª Varas Federais, em Campina Grande; na 14ª, em Patos; na 11ª, em Monteiro; na 3ª, em João Pessoa. A JFPB criou uma ferramenta virtual de acompanhamento, em tempo real, da quantidade de folhas digitalizadas e processos migrados para o sistema PJe. Os dados do Digitômetro podem ser visualizados na página www.jfpb.jus.br, através do banner localizado no canto inferior direito.

Mutirão em Sousa

A 8ª Vara Federal, localizada na Subseção Judiciária de Sousa, realiza, até o dia 05 de outubro, um mutirão de trabalho para digitalizar todo o acervo de processos físicos em tramitação naquela unidade, além de realizar a migração para o sistema PJe. Nesse período, os prazos processuais e atendimento às partes e advogados estarão suspensos, salvo em caso de urgências, uma vez que toda a equipe estará empenhada em tornar a Vara 100% digital, visando atender às Resoluções nº 13/2017 e Pleno nº 3/2018 do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5).

Autor: Seção de Comunicação Social da JFPB - imprensa@jfpb.jus.br 


 Imprimir