Comissão de Gestão Documental da JFPB elimina mais de 3.900 processos

09/05/2014 às 15:15

            Um total de 3.989 processos (agravos de instrumento), com prazos de temporalidade cumpridos, foram descartados pela Comissão de Gestão Documental da Justiça Federal na Paraíba. Os documentos integraram o Edital de Eliminação nº 03/2013.

            Segundo Ítalo Jorge Marinho, servidor da 5ª Vara e presidente da CGD, conforme as regras que regem as atividades da Gestão Documental, os trabalhos compreenderam a análise individual de cada processo, a extração de peças de guarda permanente, movimentação no sistema Tebas, limpeza, retirada de metais e o acondicionamento em envelopes e caixas.

            Esse foi 14º descarte realizado pela comissão, instalada em 2006. Com o procedimento, serão resgatados aproximadamente 58 metros lineares de espaço útil, até então ocupados por 305 caixas de processos.

            O material, que pesou 3.200 kg e foi doado à Associação dos Catadores de Resíduos de João Pessoa (Ascare), será vendido ao preço de R$ 0,30 o quilo. Todo o valor adquirido será revertido para a entidade.
 

Ascom/JFPB


 Imprimir